Meus textos

INVERNO

O amanhecer na minha serra surge coroado de névoa Esplendido cenário que esconde o horizonte e prenuncia o inverno Uma sinfônica alpestre enche o vale com notas emanadas pelos bons ventos No branco do espesso nevoeiro surge como pedra preciosa…
Leia Mais

MORTE A MORTE

Viajando nas minhas alusões , ilusões e conclusões (quase sempre precipitadas), chego ao meu veredicto: Eu condeno a palavra morte a cair no esquecimento, a ser apagada do meu dicionário, por seu tom mórbido, arrogante e por conotar dor. Não…
Leia Mais