STOLLEN – O PÃO DE NATAL DE DRESDEN

image

Aqui na Alemanha se eu vacilo, acabo na cozinha ensinando a nossa feijoada, porque porco por aqui sobra! Mas não dou a receita de graça não, troco pelas mais tradicionais receitas locais. E esse pão, eu não poderia deixar passar em branco jamais. Vou dedicar essa receita à todos os meus amigos que gostam de botar a mão na massa! Vamos lá, esse é o famoso STOLLEN, que dura até um ano sob refrigeração, e que nunca falta em nenhuma mesa de Natal Alemão. Desejo que curtam!

Lápis na mão…

INGREDIENTES

1 kg de farinha de trigo
80 g de fermento biológico fresco
1 pitada de açúcar
375 ml + 1 colher (sopa) de leite morno
250 g de manteiga
250 g de amêndoas sem casca picadas
100 g de casca de limão siciliano cristalizada
100 g de casca de laranja cristalizada
1/2 colher (chá) de sal
200 g de açúcar
2 gemas de ovo
200 g de uvas-passas
2 colheres (sopa) de manteiga derretida
Açúcar de confeiteiro para polvilhar

MODO DE PREPARO

Preparo:15mins
Cozimento: 30mins
Tempo adicional: 1hora E 15 minutos descansando
Pronto em:2horas

Coloque a farinha em uma tigela grande e esfarele o fermento sobre ela.
Polvilhe com uma pitada de açúcar e espalhe 1 colher de leite morno por cima. Cubra e deixe descansar em um lugar quente por 15 minutos.

Derreta a manteiga junto com o restante do leite em uma panela em fogo baixo e misture com a farinha em seguida.
Adicione as amêndoas, as frutas cristalizadas, o sal, o açúcar e as gemas.
Misture bem até formar uma massa homogênea e junte as passas.
Cubra a tigela e deixe a massa descansar por mais 1 hora, ou até dobrar de tamanho.

Preaqueça o forno em temperatura média/alta (190ºC).
Forre uma forma ou assadeira com papel manteiga.
Modele o pão no formato desejado, coloque na forma e leve ao forno por uns 45 a 60 minutos.
Retire do forno, espalhe a manteiga derretida por cima do pão e finalize polvilhando com açúcar de confeiteiro.
Espere esfriar um pouco e sirva.

Esse maravilhoso pão alemão, é uma tradição no Natal, e é original de Dresden.
Pode durar até um ano sendo conservado sob refrigeração.
Mãos a obra!

image

image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *