O incrível ou estúpido Cupido?

image

Ando pensando se Cupido é um anjo, com capacidade de operar milagres amorosos. Ouvi dizer que Santo Antonio e São Valentim, foram flechados por ele de forma especial. Mas a mitologia diz, que o Cupido é filho de Vênus e Marte. Pois eu não sabia desse curioso fato, que os deuses têm filhos. Herdou o amor de sua mãe, e sobreviveu à pressão de seu avô, para que Venus o abortasse, tendo que acabar vivendo na mata escondido, e sendo alimentado por leite de animais selvagens. Criou asas!
Na versão grega, tem o nome de Eros, um jovem filho de Ares, o deus da guerra, e de Afrodite, a deusa do amor e da beleza, e por isso é o mais belo dos deuses.
Cupido encarna a paixão e o amor em todas as suas manifestações!
Visitei, Pádua, Assis, Aparecida, Vaticano, e muitas terras de santos…..e nenhuma menção é feita ao tal milagreiro, ninguém sequer sabe qual a sua origem ou paradeiro. O Estúpido sabemos que morou em Lins, mas…acabou aprendendo tudo de errado com um tal de Mederiquis, lá pela década de sessenta do século passado. Se mandou em uma lambreta e nunca mais deu noticias. Deixou muita encrenca e saudades também!
Mas aquele com carinha de anjo, e com aquele arco e flecha, ameaçando os corações vazios, acho que vem de um lugar onde todos vivem, grandes confusões amorosas.
Não penso que saiba o tamanho da responsabilidade que tem, quando flecha um pobre coração, e o expõe a todos os riscos e vulnerabilidade do amor. Também não acredito que acompanhe as estatísticas de seus feitos, porque talvez já tivesse desistido e encontrado outros afazeres. Pois deve ser decepcionante para esse lindo ser alado, assistir a tantas falências emocionais, e tantos atos hediondos contra os seus princípios amorosos. Imaginem, depois de tantas flechadas, como as disparadas em Shakespeare e tantos mais, ver o romantismo do sonho e fantasia, sendo dizimados. Afinal parece ser cafona e demodê, assumir que levou uma flechada, e se entregar com inspiração, ao inevitável e fulgaz momento forte da vida subjetiva.
Nossos sentimentos de amor, por natureza própria, são os que mais resistem ao amadurecimento, já que o sonho romântico é, para a maioria dos seres, uma âncora que não queremos puxar por medo do não conhecimento, para onde as ventanias da vida poderão levar a nossa romântica embarcação. Então não devemos resistir a uma bela flechada! Mesmo que ela nos cause apenas uma paixão, com toda sua febre de conteúdo químico. Será que Cupido é míope e por isso erra seus alvos? Sim…a paixão pode ser um erro de alvo, já que o amor é incondicional e eterno. Acho que prefiro as paixões…não gosto muito dessa palavra…ETERNO…ela soa cansaço!
Fortes sentimentos, são muito perigosos e podem causar muitos danos e mudar até o rumo da história. Nada é mais devastador. Por amor se morre, se mata. Sequer existe um antídoto ou qualquer forma de prevenção. E quando ele surge assim de surpresa, é com certeza mais uma arte do lindinho alado, que não está nem ai em ver, sentimentos que saem pelos vãos dos dedos, que se transformam em dores que duram décadas e outras infinidades de situações.
Isso tudo pode bem ser uma vingança, por tantos pensarem ser o amor um perigo. Mas evitar o perigo não é em nada mais seguro do que expor-se a ele. Então manda flecha Cupido, porque a vida não é nada se não for uma ousada aventura cheia de amores.
AF

8 Replies

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *