Ouro Preto – MG

image

Ouro Preto nasceu sob o nome de Vila Rica, como resultado das aventuras da colonização do interior do Brasil, que ocorreu no final do século XVII. Em 1698, saindo de Taubaté, São Paulo, a bandeira chefiada por Antônio Dias descortina o Itacolomi do alto da Serra do Ouro Preto, onde implanta a capela de São João. Ali, tem início o povoamento intenso do Vale do Tripui que, trinta anos depois, já possuía perto de 40 mil pessoas em mineração desordenada e sob a louca corrida pelo ouro de aluvião (areia, cascalho e ou lama).
Vila Rica cresce e exaure-se o ouro, mas cria uma civilização ímpar, com esplendor nas artes, nas letras e na política.
A Inconfidência Mineira é o apogeu do pensamento político e faz mártires entre padres, militares, poetas e servidores públicos, liderados por Tiradentes.
Com a Independência, recebe o nome de Ouro Preto e torna-se a capital de Minas até 1897.
A medida que se expandia a atividade mineradora, o barroco explodia na riqueza de suas formas, na pompa e no fausto de suas solenidades religiosas e festas públicas, vindo marcar, de maneira definitiva, a sociedade que se constituiu na região.
Ouro Preto é hoje Patrimônio Histórico Mundial, e representa inquestionavelmente a síntese da arte colonial mineira, não apenas pela expressão de sua história mas pela excepcionalidade do acervo cultural que preservou.
É hoje uma das mais procuradas cidades para turismo no Brasil, também conhecida por suas repúblicas estudantis, carnaval de rua e seus festivais. Bons restaurantes em belos casarões são encontrados por lá, com aquela comida mineira muito especial.
Não deixem de conhecer essa relíquia que é nossa!
Boa viagem!
AF

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

2 Replies

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *