SINTRA – PORTUGAL

image

Situada a apenas 30 km de Lisboa, a exótica vila de Sintra é classificada como Patrimônio Mundial pela UNESCO, a vila de Sintra está localizada no alto de uma serra. Com seus palácios históricos, florestas e jardins esplendorosos, tudo emergindo das montanhas, Sintra parece mais um cenário de um filme de fantasia.
A cidade já foi habitada pelos celtas e depois pelos mouros, até que finalmente tornou-se um refúgio de verão da realeza portuguesa. Essa mistura de influências explica a extravagante arquitetura dos palácios da cidade, tornando tudo muito exótico.
Sintra, o Monte da Lua, é um daqueles lugares cheios de magia e mistério onde a natureza e o Homem se conjugaram numa simbiose perfeita.
Logo na praça principal, vemos o Palácio da Vila com as suas duas chaminés cónicas, tão caraterísticas, que servirão de bússola para voltar a este ponto de encontro. Datado do final do século XIV, foi a estância de veraneio de muitos reis ao longo da História de Portugal. Cada sala é decorada de forma diferente e tem uma história, deixando seu interior terão uma surpresa, pois é um verdadeiro museu do azulejo, com aplicações desde o séc. XVI, no início da sua utilização em Portugal.
Depois de um passeio ao acaso pelas ruelas estreitas e pelas lojas de produtos regionais, aconselho uma visita ao Palácio e Quinta da Regaleira. É um palácio do séc. XIX, embora pareça ser mais antigo, com uma decoração que impressiona, rica em simbologia maçónica. Muito perto da entrada da Regaleira, fica Seteais, um palácio do séc. XVIII atualmente transformado em hotel. Vale a pena entrar nos jardins e ir até ao miradouro, de onde se vê o Palácio da Pena, o Castelo dos Mouros e o mar ao longe…
Não da para não ir ao Palácio da Pena, que é um dos mais extravagantes que já conheci até hoje. Suas paredes são de cor amarela e vermelha, com partes em azulejos coloridos e esculturas estranhas (cobras retorcidas, pirâmides e seres bizarros) dão um ar tão exótico, que é até difícil de definir seu estilo arquitetônico.
Mas tem seu charme. O difícil é andar em pé por seus aposentos. Penso que os reis não chegavam a um metro e quarenta.
São muitos os destaques em Sintra, que melhor mesmo é preparar-se pra andar bastante e ter coragem nas muitas vezes que encontrar uma bela ladeira pelo caminho. Reserve um bom tempo para visitar tudo com calma.
Na sua próxima viagem pense com carinho e vá conhecer Sintra!
Beijos

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *