EISENHÜTTENSTADT – ALEMANHA

image

Deixo a Alemanha, com sabor de quero mais, mais amigos, mais amor, mais cervejas, mais paisagens lindas e muita história. Meus últimos dias dessa viagem maravilhosa, foi aqui em Eisenhüttenstadt, cidade tranquila e cheia de história, de gente hospitaleira e amável, sorridentes e bons parceiros de copo rsrs! Deixo meu coração!
Eisenhüttenstadt que traduzido é literalmente, cidade da fundição de ferro, é uma cidade alemã situada na beira do rio Oder, perto da fronteira com a Polónia. A cidade foi fundada em 1950 pelo governo da República Democrática da Alemanha, como modelo de cidade socialista.
Eisenhüttenstadt foi planejada no terceiro congresso do Partido Socialista Unificado da Alemanha, celebrado entre 20 e 24 de julho de 1950. Naquele congresso, tomou-se a decisão de construir uma siderúrgica a Eisenhüttenstadt Ost, e uma área residencial adjacente. A construção começou em 8 de agosto de 1950. A área foi nomeada Stalinstad em honra de Josef Stalin em 7 de maio de 1953.
A cidade foi anunciada como a primeira cidade socialista em território alemão, do mesmo modo que outras cidades socialistas criadas naquela época, como Nowa Huta na Polônia, Stalinstadt seguiu o exemplo de Magnitogorsk (URSS). O primeiro desenho para o novo bairro residencial criado por volta da metalúrgica foi realizado pelo arquiteto modernista Franz Ehrlich, vinculado com a Bauhaus, em agosto de 1950. O seu plano modernista, que propunha um assentamento disperso através de linhas funcionais foi rechaçado pelo Ministério da Reconstrução. Também foram rechaçados os projetos apresentados pelos arquitetos Kurt Junghanns e Otto Geiler. O plano aprovado foi o de Kurt Walter Leucht, profundamente influenciado nessa obra pela arquitetura socialista e a arquitetura clássica. Mais tarde, o modelo predominante, como noutras cidades da Alemanha socialista, o modelo foi o de Plattenbau.
Em 1961, como consequência da desestalinização, o nome da cidade foi mudado para o atual Eisenhüttenstadt e, desde 1 de janeiro de 1969, a Eisenhüttenkombinat Ost e outras empresas fabricantes de aço da área passaram a formar a VEB Bandstahlkombinat “Hermann Matern”, dirigida pelo Estado.
Após a reunificação da Alemanha em 1990, a VEB Bandstahlkombinat “Hermann Matern” foi renomeada novamente, passando a denominar-se EKO Stahl AG, e foi privatizada. Em 1995, o processo foi completado: a empresa foi privatizada e vendida à belga Cockerill-Sambre, na atualidade parte de ArcelorMittal.
A economia de Eisenhüttenstad está dominada, claramente, pela presença da metalúrgica EKO Stahl GmbH, subsidiária de ArcelorMittal . Porém, o índice de desemprego tem aumentado continuadamente desde a reunificação e, em 2008, atingiu 11,5%.
Isso faz com que a população jovem abandone a cidade, indo viver em cidades maiores como Berlin, Dresden entre outras. A população de Eisenhüttenstadt tem diminuído considerávelmente.
É uma cidade que guarda história, belas construções e lindas paisagens. É a paixão do ator Tom Hanks, que passa dois meses do ano, todos os anos, aqui curtindo essa maravilha!
Os convido a colocar essa bela cidade no seu roteiro pela Alemanha!
Beijos.

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

image

2 Replies

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *